Prevenção da Febre Reumática Aguda e Doença Cardíaca Reumática

Posted on

O paciente pode manter-se em estado geral relativamente bom até fases avançadas da doença e muitas vezes apresenta apenas dor, sem febre e outras alterações sistêmicas.

A artrite séptica piogênica é mais comum e pode ser dividida em dois grandes grupos: não gonocócica e gonocócica. O gonococo é a principal causa de artrite bacteriana entre os adultos jovens e, nas mulheres, é mais comum durante a menstruação e a gravidez. A artrite reumatoide, por exemplo, acomete pessoas de qualquer idade, atletas podem ter artrose e a febre reumática se manifesta especialmente em crianças depois de uma infecção de garganta. Essas lesões mecânicas podem ser responsáveis pelo aparecimento precoce de osteoartrite, ou artrite secundária, já que a artrite primária acomete pessoas de idade mais avançada. Eritema infeccioso, também chamado de quinta doença ou megaloeritema epidêmico, é uma doença exantemática infecciosa, benigna, causada pelo parvovírus humano B19, que afeta mais as crianças e os adolescentes. Não é uma causa comum de artrite séptica, mas a implantação pode ocorrer por via hematogênica ou por inoculação direta como na artrocentese ou cirurgia articular. A hepatite C é uma doença infecciosa causada por um vírus (VHC ou HCV, em inglês) que ataca o fígado e causa inflamação. As articulações artificiais mais comuns de se infectar são cotovelo, ombro e tornozelo, seguido do joelho e quadril. Diagnóstico Diferencial: Com a artrite séptica, doença de Legg-Calvé-Perthes, artrite reumatóide juvenil, tuberculose, abcessos superficiais, psoítes, celulites locais e febre reumática (COUTURE et al, 1988).

Febre reumática aguda e doença cardíaca reumática Entre Crianças – Samoa Americana, 2011-2012

  • VHS e PCR elevados
  • anti-CCP pode ser positivo quando FR positivo -> pior prognóstico articular
  • ASLO pode estar pouco elevado
  • FAN positivo em poucos casos – relação com uveíte

Pode confundir com (diagnóstico diferencial): – Osteoartrite (pega ossos e juntas); – Febre reumática; – Artrite infecciosa; – Artrite traumática; – Dislipidemias; – Pseudogota; – Artrite reumatóide.

Exemplos: febre reumática, artrite gonocócica (um tipo de artrite séptica causada por Neisseria gonorrhoeae), lúpus eritematoso sistêmico (pode cursar com acometimento articular aditivo ou migratório). No início pode haver resultado positivo para vários sorovares (fase aguda). exame preferidos Imagem não é o principal meio de diagnosticar a artrite séptica.  Um dos mais importantes preditores de um bom resultado na artrite séptica é a velocidade com que o tratamento seja instituído. Pacientes com doenças subjacentes, incluindo diabetes, artrite reumatóide, imunossupressão, ou outros sintomas sistêmicos, devem ser tratados de forma mais agressiva com a cirurgia anteriormente. A artrite séptica com artrite reumatóide artrite séptica em pacientes com artrite reumatóide, pode parecer muito semelhante a um alargamento aguda da doença. Na fase aguda da artrite, o hemograma pode evidenciar anemia de doença crônica e leucocitose com desvio, nos casos de artrite séptica e microcristalinas. Este anticorpo é mais específico para a artrite reumatoide que o Fator Reumatoide, sendo que até 95% dos pacientes com resultado positivo têm AR. Pode afetar também outras articulações, como as do joelho, tornozelo, pé, mão, punho e cotovelo.

Quais são os picos de idade de osteomielite aguda hematogênica? Mais comum em homem ou mulher?

  • Infecção aguda pela hepatite C
  • Combate do sistema imune ao vírus com resolução da infecção, mesmo sem tratamento específico
  • Permanência do vírus no organismo

Embora a podagra seja mais comum em pacientes com gota, também é encontrada em outras doenças, como sarcoidose, trauma, artrite psoriática, doença de deposição de pirofosfato de cálcio ou trauma.

O efeito antiinflamatório da colchicina na artrite gotosa aguda é relativemente seletivo para esta doença e é eficaz apenas em alguns casos nos outros tipos de artrite. A sinovite pode acometer as pequenas articulações da mão, punho, cotovelo, ombro, quadril, joelho, tornozelo e pé. em 28/11/2008 A Artrite Gonocócica, causada pelo diplococo gram-negativo Neisseria gonorrhoeae, é a forma mais comum de artrite séptica aguda observada em adultos jovens. A Artrite Gonocócica é a forma mais comum de artrite séptica aguda observada em adultos jovens. A artrite séptica pode ocorrer nas articulações em que a metáfise é intra-articular (isto é, o quadril, o ombro e o tornozelo). Embora a doença de Still seja uma das formas clínicas da artrite idiopática juvenil (AIJ), ela pode eventualmente ser observada em adultos. É uma doença mais comum na primeira década de vida, acomete crianças em qualquer faixa de idade, mas preferencialmente entre 1 e 2 anos. Se a bursite do cotovelo não é resultado de uma infecção, a cirurgia ainda pode ser necessária se os tratamentos não cirúrgicos não funcionam. O Eritema Multiforme afeta principalmente adultos com menos de 40 anos, embora possa ocorrer em qualquer idade.

Qual a forma mais comum de raquitismo herdado? Mais comum em homens ou mulheres? O que acomtece com a vit.d e qual o tratamento?

  • lesão ou trauma (entorse do tornozelo)
  • artrite gostosa aguda
  • osteoartrite
  • artrite reumatóide
  • artrite gotosa crónica
  • pseudogota
  • artrite psoriática
  • síndrome de Reiter
  • artrite séptica

A artrite séptica, também chamada artrite infecciosa, é usualmente causada por uma infecção bacteriana, mas pode também ser provocada por infecções fúngicas ou virais.

A artrite séptica pode afetar qualquer articulação, mas é mais frequente nos joelhos, quadril, ombro, pulso, cotovelo e dedos. clínica Local de infecção Idade MMII Quadril, joelho e tornozelo (80%)Unilateral Idade RN e lactentes Septicemia (irritabilidade, má alimentação) Febre sem foco Pseudoparalisia Desconforto quando manuseado Posicionamento antalgico 36 A participação articular geralmente se limita a uma única localização, mais freqüentemente joelho e quadril, mas a infecção pode se localizar também no tornozelo, punho, ombro, cotovelo e outras articulações. A mais comum doença do quadril é a ARTROSE, que é o resultado do desgaste da cartilagem articular. Ela pode ser de diversos tipos, como artrite reumatoide, artrite séptica, artrite psoriática, artrite gotosa (gota) ou artrite reativa, dependendo da sua causa. Idade – osteomielite aguda é mais comum em crianças, enquanto que a forma da coluna vertebral é mais comum em pacientes com idade superior a 50 anos. Outros: leucemia, artrite reumatóide aguda, febre reumática aguda, tumores ósseos, celulite (acometimento da pele não ocorre na osteomielite) Tratamento Após confirmação diagnóstica: ATB IV: Oxacilina 50-100 mg/kg/dia – 66 hrs NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;) O eritema infeccioso é uma infecção contagiosa de origem viral, que é capaz de provocar febre e erupções pelo corpo. As doenças autoimunes são a terceira causa mais importante de doença, podendo ocorrer em pessoas jovens, nomeadamente do sexo feminino, sendo que a sua prevalência aumenta com a idade.

Qual a diferença da idade entre osteoporose pos menopausa e senil? Qual a diferença clínica? Como está a calciúria o PRH em cada uma delas? Qual a diferença do tratamento?

A artrite séptica ou artrite infecciosa ou artrite piogênica é uma doença aguda, agressiva, de alta morbidade, que pode evoluir com comprometimento sistêmico importante, com risco da própria vida.

• Nos últimos anos tem havido uma mudança na idade dos pacientes com artrite séptica, que tendem a ser mais comum em pessoas com mais de 60 anos. • A maioria das formas de desenvolver a artrite viral em crianças, adolescentes ou adultos jovens e apresentar-se como poliartrite aguda com febre e exantema (erupção cutânea, urticária). É a causa mais comum de dor articular em adultos com mais de 45 anos. Notaram que as sequelas mais graves foram nas crianças com início da doença no período neonatal, não encontrando diferença estatisticamente significante quando compararam por idade. Endocardite infecciosa (pode estar associada) ARTRITE SÉPTICA TRATAMENTO Publicado em: 22/11/2011 As doenças inflamatórias intestinais (doença de Crohn e retocolite ulcerativa) apresentam manifestações extraintestinais em um quarto dos pacientes, sendo a mais comum a artrite enteropática. Ela pode ser classificada como artrite reumatoide, artrite séptica, artrite psoriática, artrite gotosa (gota) ou artrite reativa, dependendo da sua causa. Estes sintomas podem surgir em indivíduos de qualquer idade, inclusive crianças, e é muito comum que mais de uma articulação seja afetada ao mesmo tempo. A cirurgia para a colocação de uma prótese articular pode, em muitos casos, representar a cura da artrite naquela articulação, como ocorre na artrite séptica, por exemplo.

Artrite séptica em pediatria: proposta de um protocolo clínico ARTIGO DE REVISÃO APRESENTADO COMO CONCLUSÃO DA RESIDÊNCIA MÉDICA EM PEDIATRIA DO HOSPITAL.

A poliartrite da febre reumática é o sintoma mais comum da doença e acomete 3 em cada 4 pacientes.

Qualquer articulação pode ser afetada pela Artrite Séptica, mas é mais comum nos joelhos e nos quadris. TO Devido à doença aguda, o eritema multiforme afeta a pele e as mucosas, pode ser repetido pelas erupções cutâneas de natureza polimórfica. A causa do desenvolvimento do eritema é uma doença infecciosa, que uma pessoa sofreu e a reação do corpo a alguns medicamentos. – ARTROSE A artrose consiste em uma doença degenerativa crônica, sendo mais comum após os 60 anos de idade. Quinta doença é mais comum em crianças e pode causar sintomas gripais , uma erupção cutânea , febre , dor de cabeça , cansaço excessivo e , menos comumente, a artrite. A artrite é mais comum em adultos com mais de 65 anos, mas também pode desenvolver-se em crianças, adolescentes e adultos mais novos. A manifestação mais comum da febre reumática não tratada, é doença valvar fibrótica deformante, principalmente da válvula mitral, que se não tratada pode levar a morte. Quando a cirurgia é realizada, a função ventricular melhora significativamente, indicando que o mecanismo principal era a lesão valvar e não o comprometimento miocárdico como causa da insuficiência cardíaca. Em idosos, cerca de 40% dos adultos atingidos têm mais de 60 anos e 75% das infecções ocorrem em juntas já atingidas por artrose ou artrite (frequentemente quadril e joelho).

A artrite gonocócica é a mais comum causa de artrite em mulheres jovens entre 15 e 25 anos de idade.

Outros agentes infecciosos A artrite pode se instalar secundária a processos inflamatórios por vírus (Parvovírus B19, hepatites B ou C, raramente hepatite A, rubéola e HIV). Locais mais frequentes, em ordem decrescente: quadril, joelho, tornozelo, cotovelo e ombro. Sarvier Autor: Equipe Sabará Atualizado em: 16/11/2016 A dor no joelho é uma doença extremamente comum em qualquer idade e as causas possíveis são muitas. Particularidade no RN e Lactente jovem Diagnóstico diferencial Neonato: fraturas, celulite e sífilis congênita; Trauma, sinovite transitória, osteomielite, artrite reativa, hemartrose, febre reumática, doença de Lyme, tumores, celulite, colagenoses. Artrite infecciosa é o resultado de uma infecção viral, bacteriana ou fúngica dentro de um conjunto (mais freqüentemente bactérias ou fungos, especialmente por parte de cândida). Como a artrite em outros locais, por causa do aparecimento gonartrit dividida em primária (que é uma forma nosológica independente) e secundária (associada a outras doenças). artrite secundária do joelho pode ocorrer no contexto de doenças sistêmicas (reumatismo, psoríase, espondilite anquilosante, lúpus, doença de Reiter e OE), infecções (tuberculose, sífilis, gonorréia, brucelose, disenteria, clamídia e pr. Muitas vezes manifestação de artrite aguda do joelho provocar infecção, vacinação, alergia, cirurgia, parto ou aborto, hipotermia. O exame do paciente com artrite do joelho começa com a inspecção, determinar a história natural da doença, transferidos e doenças associadas.

HEMOFILIAS A e B Hemartrose: início 2-3 anos,precedida por traumatismos Joelho, cotovelo, tornozelo, coxofemoral Hemartrose aguda: articulação tensa, quente, dolorosa, em flexão, limitação à movimentação Diagnóstico: - História familiar positiva - Ativ.

A coqueluche é uma doença infecciosa aguda bacteriana comum na infância e altamente conta- giosa. Trata-se de uma doença reumática inflamatória, relativamente comum, e que afeta maioritariamente pessoas com mais de 50 anos de idade. Alguns dos tipos de bactérias que podem causar esta infecção incluem: Quem Está em Risco da Artrite Séptica: A inflamação das articulações bacterianas pode afetar qualquer pessoa em qualquer idade. Quanto à classificação, pode ser primária ou secundária; e para fins didáticos podemos defini-la como: Hiperuricemia assintomática, Artrite gotosa aguda, Período intercrítico, Gota tofácea crônica e Gota renal e urolitíase. Esta síndrome pode ser secundária a outras doenças, como Fibrose Cística, Timoma, Endocardite Infecciosa, Tumores e etc. Os sintomas da artrite são: Estes sintomas podem surgir em indivíduos de qualquer idade, inclusive crianças e é muito comum que mais de uma articulação seja afetada ao mesmo tempo. Ela é mais comum no quadril, mas pode ocorrer nos joelhos, ombro ou tornozelo. A doença comum causada pelo vírus foi identificada mais tarde, sendo altamente contagiosa e causando erupção na infância, denominada de eritema infeccioso ou quinta doença exantematosa. A infecção aguda por parvovírus em adultos, sobretudo mulheres de meia-idade, pode causar artropatias significativas e até mesmo artrite em cerca de 50% dos pacientes mais idosos. DOENÇA DE REITER: Pode apresentar dor aguda e inchaço de um joelho ou tornozelo; porém, a história é mais prolongada e a resposta a drogas anti-inflamatórias é menos dramática. VOLTA Doença infecciosa viral aguda, Além das causas citadas anteriormente, a artrite reativa também pode ser provocada por febre glandular, infecção da garganta, gripe viral e até uma intoxicação alimentar.